12/08/2020 - 15h16 Notícia

Prêmio Innovare entra na fase de avaliação das práticas deferidas

Reunião da Comissão Julgadora está prevista para o dia 26 de outubro

Terminada a fase de entrevistas, o Prêmio Innovare entra em uma nova fase: a de avaliação das práticas deferidas. Todas as 646 práticas que cumpriram o regulamento passaram por sessões de entrevistas com os consultores, para a preparação de relatórios que serão, agora, encaminhados para a Comissão Julgadora. A previsão é que o processo de análise siga até o dia 26 de outubro, quando a Comissão se reunirá para decidir sobre os finalistas.

“O trabalho de entrevistas foi longo, este ano, porque os consultores tiveram que agendar os encontros virtuais em plena pandemia. Além dos autores, também foram entrevistados participantes das equipes e pessoas beneficiadas pelas práticas. Os consultores recolheram, ainda, vídeos e fotografias, para que os membros da Comissão Julgadora tenham elementos suficientes para tomarem suas decisões”, explica a coordenadora do Prêmio, Raquel Khichfy.

O trabalho minucioso de leitura de análise das práticas tem como base as fichas de inscrição preenchida pelos próprios candidatos e os relatórios preparados pelos consultores após as entrevistas on-line. A Comissão Julgadora é dividida em equipes e cada uma delas fica responsável por uma categoria, selecionando os melhores trabalhos para serem defendidos durante a votação, de que todos os avaliadores participam.

Comissão Julgadora tem novos membros este ano

Da reunião de julgamento das práticas participam todos os membros da Comissão Julgadora. Este ano, a comissão contará com a participação de três novos integrantes: o procurador-geral da República, Augusto Aras; a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Cristina Peduzzi e o juiz Iberê Dias, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Nascido em Salvador (BA) o jurista Augusto Aras tomou posse como procurador-geral da República em outubro passado. Ingressou na carreira do Ministério Público Federal em 1987. Entre outras funções, foi procurador regional eleitoral na Bahia (1991-1993) e representante do MPF no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), entre 2008 e 2010. Foi promovido a subprocurador-geral da República em 2011. 

A jurista Maria Cristina Irigoyen Peduzzi é a primeira mulher a assumir a presidência do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. É ministra do TST desde 2001 e atuou como vice-presidente desta corte entre 2011 e 2013. Foi conselheira do Conselho Nacional de Justiça entre 2013 e 2015.

"Aceitei, com satisfação, o convite para integrar a Comissão Julgadora do 17º Prêmio Innovare. O prêmio constitui permanente incentivo às boas práticas e ao aperfeiçoamento da prestação jurisdicional. Nesta edição, identifico relevante temática voltada à imprescindível defesa da liberdade", afirmou.

Juiz foi premiado por dois anos consecutivos

Premiado pelo Innovare por dois anos consecutivos da categoria Tribunal, com as práticas Adote um “Boa Noite” (2018) e Trampo Justo (2019), o juiz Iberê Dias recebeu o convite com alegria:

“Imaginar que o Conselho do Innovare acredita que estou à altura dessa empreitada é motivo de enorme honra, acima de tudo. Trata-se de Comissão composta por figuras do mais alto relevo na seara jurídica do país. Estar ao lado de pessoas com esse grau de conhecimento do Direito propicia chance única de aprendizado profundo e constante”, comemorou.

Sobre o Prêmio Innovare

Desde sua criação, em 2004, o Prêmio Innovare vem trabalhando para identificar e colocar em evidência iniciativas que trazem inovações e contribuem para o aprimoramento da justiça. Ao todo, já foram premiadas 226 práticas, entre mais de 7 mil trabalhos, em diferentes áreas da atuação jurídica. Todas as iniciativas selecionadas são incluídas no Banco de Práticas do Innovare. Elas podem ser consultadas gratuitamente no site www.premioinnovare.com.br, através de buscas por palavra-chave, edição e categoria em que foram inscritas, local de origem e status (premiada, homenageada ou deferida).

O Prêmio conta com o apoio de instituições parceiras que colaboram para a credibilidade e prestígio da premiação. Entre elas estão a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep),  Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Conselho Federal da OAB, Associação Nacional dos Procuradores de República (ANPR), Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com o apoio do Grupo Globo.

 

Ainda tem dúvidas? Entre em contato!

Siga as nossas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/institutoinnovare/

Instagram: https://www.instagram.com/premioinnovare/

Mais informações

MMCom Assessoria

Márcia Miranda

marciamiranda.assessoria@gmail.com

comunicacao@premioinnovare.com.br