09/06/2017 - 16h21 Notícia

Comissão Julgadora da edição deste ano se reúne em Brasília.

Membros do TST, STJ e parceiros do Prêmio Innovare fazem a primeira reunião da banca julgadora.

Autor: CONAMP – Associação Nacional de Membros do Ministério Público

O 1º vice-presidente da CONAMP, Victor Hugo Azevedo, e o tesoureiro da entidade, Marcelo Oliveira, participaram nesta quarta-feira (07) de reunião da Comissão Julgadora do Prêmio Innovare 2017. O ex-presidente José Carlos Consezo também esteve presente.

Nesta edição, a premiação discute iniciativas de aprimoramento do sistema Judicial Brasileiro. Mais de 700 práticas concorrem ao Prêmio Innovare, sendo que 104 destas estão na categoria Ministério Público.

Durante a reunião da Comissão Julgadora, foram criados grupos de trabalho para examinar os projetos. A avaliação será baseada nos critérios de eficiência, celeridade, qualidade, criatividade, praticidade, ineditismo, exportabilidade (potencial capacidade de disseminação da prática ou de um conjunto de práticas), satisfação do usuário, alcance social e abrangência territorial.

Além das categorias do Prêmio (Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania), a Comissão Julgadora poderá premiar uma iniciativa dentre todas as recebidas. Os vencedores receberão troféus, menções honrosas, e, terão suas iniciativas divulgadas no site do Instituto Innovare.

Em 13 anos de existência já foram mais de 5 mil práticas inscritas no Prêmio Innovare, vindas de todo o país. Todas as práticas têm como objetivo colaborar para a melhoria do sistema judicial brasileiro, e, a maioria delas continua em vigor. É possível conferir quais atividades já foram premiadas e homenageadas por edição no site do Prêmio. Foi criada ainda a plataforma colaborativa Brasil na Prática para disseminar as iniciativas, possibilitando a participação e contribuição da sociedade.