09/06/2017 - 16h09 Notícia

Anamatra participa da primeira reunião da Comissão Julgadora da edição deste ano do Prêmio Innovare.

Premiação foca, principalmente, em práticas que melhorem o sistema prisional.

Autor: ANAMATRA – Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho

A Anamatra participou nesta quarta-feira (07/6) da 1ª Reunião da Comissão Julgadora da 14ª edição do Prêmio Innovare, que identifica e difunde práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. O encontro ocorreu na sede do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e contou com a presença do diretor de Assuntos Legislativos da Anamatra, Paulo Boal. A entidade é uma das parceiras institucionais do prêmio e integra o Conselho Superior do Instituto Innovare, responsável pela definição das principais diretrizes e estratégias da premiação.

Este ano o foco da premiação será em práticas que promovam melhorias do sistema prisional. Serão contempladas as seguintes categorias: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania. Além dessas categorias, a Comissão Julgadora poderá premiar uma iniciativa dentre todas as recebidas, sobre o tema sistema penitenciário. 

O projeto, que foi lançado em 2004, se dedica a premiar iniciativas que ajudam na modernização e bom funcionamento da Justiça. Desde a sua primeira edição, mais de 5 mil projetos de todos os estados brasileiros já passaram pela comissão julgadora do prêmio. 

Sobre a premiação

O Prêmio Innovare é uma realização do Instituto Innovare, do Ministério da Justiça, da Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público - CONAMP, da Associação Nacional dos Defensores Públicos - ANADEP, da Associação dos Juízes Federais do Brasil - AJUFE, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, da Associação Nacional dos Procuradores da República - ANPR, da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho – ANAMATRA, com o apoio do Grupo Globo.