AS PRÁTICAS DA 13ª EDIÇÃO JÁ FORAM PREMIADAS. A PRÓXIMA ETAPA É A DISSEMINAÇÃO.

O Prêmio Innovare tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. Sua criação foi uma dessas raras oportunidades em que uma conjunção de fatores conspira a favor do bem público.


Participam das Comissões Julgadora e Difusora do Innovare ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque interessados em contribuir para o desenvolvimento do nosso Poder Judiciário.


Seu Conselho Superior é composto por associações representativas de grande prestígio no mundo jurídico: Associação de Magistrados Brasileiros, Conselho Nacional dos Membros do Ministério Públicos, Associação Nacional dos Defensores Públicos, Associação dos Juízes Federais do Brasil e Ordem dos Advogados do Brasil., além do Ministério da Justiça por meio da Secretaria Nacional de Justiça, do Ministro Carlos Ayres Britto e do jornalista Roberto Irineu Marinho, presidente do Grupo Globo.


Desde 2004, já passaram pela comissão julgadora do Innovare mais de cinco mil práticas, vindas de todos os estados do país. Elas são a prova de que a nossa justiça passa por uma “revolução silenciosa”, nas palavras do professor Joaquim Falcão, um dos fundadores do Prêmio.


Sem dúvida, ainda são muitos e gravíssimos os problemas que precisam ser enfrentados pelo Judiciário brasileiro. No entanto, um observador atento identifica o consistente crescimento das iniciativas que buscam a efetividade da prestação jurisdicional. Se sempre foi reconhecida a capacidade técnica de nossos magistrados, agora já florescem também qualidades antes desconhecidas no Judiciário, como a aptidão para a gestão e o planejamento.


Pouco a pouco, essas iniciativas vão mudando a cara da Justiça e estimulando novas iniciativas, num ciclo virtuoso em que todos ganham. Este ano, o Innovare chegou à sua XIII, confirmando seus propósitos de fomento à Justiça brasileira, inclusive com a participação da sociedade civil, que pôde se inscrever na categoria Justiça e Cidadania e mostrar sua contribuição permanente.


Concorreram ao Prêmio 482 práticas, vindas de todas as regiões do país. Elas renovam nossa esperança de que caminhamos para um país melhor e mais justo, com uma justiça acessível a todos, que responda com agilidade e qualidade as demandas da sociedade.


Após a premiação, o Innovare tem como objetivo divulgar essa “revolução silenciosa” da justiça brasileira e apresentar seus protagonistas: magistrados, promotores, defensores públicos e advogados que dão o melhor de seu conhecimento e de sua energia para tornar o Brasil um país melhor.


Cada etapa tem um valor especial

fase preparatória anual

Abertura de Inscrição

Encerramento das Inscrições

Visita dos Consultores

Inclusão das práticas no Brasil na Prática

Cerimônia de Premiação

Reunião para escolha dos vencedores

Período de Avaliação dos Jurados

Parceiros Institucionais

Apoio